avass@ladoras

Sunday, April 16, 2006

Resumo: "A importância do ato de ler"

Freire, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo, Cortez, 2003.


" A leitura dos livros precede sempre a leitura da palavra e a leitura desta implica a continuidade daquele"

O texto de Paulo Freire refere - se a importância da leitura do mundo, a qual precede a leitura da palavra, seu pensamento ao mesmo tempo tem o testemunho renovado de sua compreensão do significado da educação no contexto da existência social e individual dos homens numa relação dinâmica que vincula linguagem e realidade. O autor relata suas primeiras leituras de mundo, que aconteceram ainda na sua infância, com suas primeiras experiências e atividades perceptivas. Naquele momento as letras, palavras etextos daquele contexto eram tudo que levava, como por exemplo: as árvores em volta da sua casa, os animais de modo geral, bem como a natureza e seus fênomenos, a convivência com seus familiares, com as suas crenças e valores. Ainda dentro da leitura do mundo o que o autor fazia na medida em que se tornava mais íntimo de seu mundo, que melhor percebia e o entendia a cerca das supertições e de outras crenças impostoas pelo senso comum. Paulo Freire começou a ser alfabetizado com a ajuda de seus pais no quintal de sua casa, no chão á sombra das mangueiras usando com giz os gravetos para escrever as palavras de seu mundo e não do mundo maior de seus pais. Por isso, quando ele chegou a escolinha particular de Eunir Vasconcelos, a quem prestou uma homenagem, já estava alfabetizado. Após a leitura do mundo, a leitura da palavra foi a leitura da "palavramundo", isto é, houve um aprofundamento ou esclarecimento daquilo que antes já conhecia. O autor apresenta suas experiências como professor do curso ginasial, como era seu método de ensino. Segundo ele, é preciso ativar a curiosidade dos alunos de forma dinâmica e viva, substituíndo a memorização mecânica pela aprendizagem profunda. O que realmente importa não é a quantidade de leitura, mas sim, a compreensão que dela se faz. Ele considera o processo de alfabetização de adultos um ato criador e de conhecimento. O alfabetizando além de ser o sujeito deste processo, contribui no ato com sua criatividade e responsabilidade na construção de sua linguagem escrita e na leitura da mesma. O programa de alfabetização deveria vir do universo vocabular dos grupos populares, expressando a sua real linguagem, seus anseios, seus sonhos. Deverim vir carregados da significação de suas experiências existeciais e não a do educador. O universo vocabular dos alfabetizandos devem ser codificados de forma que representem a suas realidades. Paulo Freire copnclui o seu trabalho ressaltando a importância do ato de ler, ou seja, a leitura da palavra não é apenas precediada pela leitura do mundo, mas também por outra forma de escrevê-lo, quer dizer de transformá-lo através de nossa prática consciente.

2 Comments:

  • At 8:20 AM, Blogger Marta Melo said…

    A referência do sobrenome deve ser em letras maiúsculas. O resumo está imenso! Nota:3,5.

     
  • At 3:07 PM, Blogger Phellippe Fonseca said…

    Gostei muito do seu resumo, me ajudou muito a fazer o meu, o último paragrafo tem uma palavra incorreta

     

Post a Comment

<< Home